Desenvolvimento de aplicativo multiplataforma baseado na Arquitetura Orientada a Serviços (SOA)

Desenvolvimento de aplicativo multiplataforma baseado na Arquitetura Orientada a Serviços (SOA)



Artigo 
Aluno  Anderson Tiago Barbosa de Carvalho    
 carvalho.atb@gmail.com

Claudinei di Nuno, MSc
         professorclaudinei@uol.com.br




Resumo

 
Nos dias atuais há uma necessidade crescente de que funcionalidades e conteúdo de aplicações estejam disponíveis de forma similar em diferentes plataformas. Além do computador, a proliferação dos mais variados tipos de gadgets como smartphones e tablets faz com que os usuários criem a expectativa de fazer uso de aplicativos com possibilidades semelhantes em todos eles. As limitações e diferenças entre os dispositivos e as plataformas criam uma demanda de interoperabilidade entre sistemas, linguagens de programação e outros aspectos de tecnologia. Neste cenário surge a necessidade de uso de uma Arquitetura Orientada a Serviços e a solução SOA - Service Oriented Architecture destaca-se. SOA permite a reutilização e o compartilhamento de uma base comum denominada serviço. Esta base fornece um protocolo de comunicação que é traduzido por cada aplicação, evitando o desenvolvimento de um mesmo módulo para plataformas distintas. A reutilização de ativos já existentes torna o sistema mais facilmente adaptável e flexível. Este artigo ilustra o funcionamento da SOA apresentando como exemplo uma aplicação feita para as plataformas Android, iOS e web com versões para cinco diferentes plataformas: Android smartphone, AndroidtTablet, iOS smartphone, iOS tablet e website, que utilizam uma base comum de serviço. Tal aplicação se destina aos anúncios de venda e locação de imóveis, permite que os clientes pesquisem e acessem informações e que os corretores façam novos cadastros. Todas as versões acessam a mesma base de dados. A solução para evitar que fossem desenvolvidos cinco módulos diferentes de acesso foi fornecidas pela arquitetura orientada a serviços. Uma única estrutura foi criada e serviços foram disponibilizados a partir dela, permitindo operações de consulta, alteração e inserção de forma padronizada. Dessa maneira todas as aplicações acessam os dados, exibindo-os com as particularidades de cada versão e realizando as operações necessárias.